Casamento a Luz da Bíblia

24-11-2010 12:54

A Palavra de Deus nos ensina que é do agrado do Senhor que um homem e uma mulher se unam em casamento. Além disso também podemos aprender muito sobre como deve ser essa união, o relacionamento do casal e as responsabilidades do marido para com sua mulher e vice-versa. Neste pequeno estudo quero abordar esses e outros pontos para que você, caro irmão e amigo, possa ter um casamento próspero e abençoado, conforme a boa vontade do Senhor!

 

Dentre os inúmeros pontos que poderia destacar nesse estudo, darei especial atenção a estes:

 

1- Unicidade do Casal

 

2- A Importância do Casamento no Mundo Natural

 

3- A Importância do Casamento no Mundo Espiritual

 

4- Responsabilidades do Casal

 

5- Realização Sexual

 

6- Concordância - Pré-requisito de Orações Respondidas!

 

1- Unicidade do Casal

 

Quando Deus criou o homem e o colocou no jardim do Éden, observou que era importante criar uma companheira para ele, de tal forma que o homem não permanecesse só: "E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele" Gênesis 2:18. Assim fez a mulher, a qual apresentou para Adão que profetizou: "Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada. Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne" Gênesis 2:23-24.

 

Adão estava profetizando sobre a Unicidade do Casal! Quando um homem se casa com sua mulher ocorre algo extraordinário: eles deixam de ser indivíduos únicos e independentes e passam a ser indivíduos dependentes, participantes da mesma fonte (carne): "Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne". São DOIS indivíduos, mas também são apenas UM.

 

Este princípio, que se aplica no casamento e se manifesta na carne, é o mesmo para com o Deus Triúno, que, sendo TRÊS em PESSOA, é UM em ESSÊNCIA. O mistério da Trindade se manifesta na carne e se torna algo tão espetacular que o diabo tenta de todas as maneiras impedir as uniões matrimoniais, pois um casal unido perante o Senhor representa o próprio mistério de Deus.

 

Se você é casado meu irmão saiba que nesse casamento está representado o mistério da Triunicidade de Deus e, por isso, você deve zelar para que brigas e discórdias não tomem conta de suas vidas, o que poderia provocar a ruptura dessa representação. Um casal feliz, unido, cujo amor e respeito são colocados em primeiro lugar, afugenta o maligno e alegra o Senhor!

 

Além deste aspecto, cada casal é único em relação a seu costume, comportamento, visão da vida e intimidade. Alguns casais podem ter semelhanças em alguns pontos, mas sempre existirão diferenças! Por isso há um erro terrível que é cometido por muitos casados: a comparação! Não busque comparar seu casamento com o do seu amigo ou vizinho, nem fique contando sobre sua intimidade para outras pessoas. O que é privado não deve ser tornado público, o que é íntimo não deve sair das quatro paredes de sua casa!

 

Por causa de comparações indevidas com outros casais tem muita gente se sentindo frustrada, dúvidas surgem e até mesmo a sexualidade pode ser afetada (homens que tentam fazer sexo como ouviram de amigos, prejudicando a realização sexual de sua parceira; mulheres que ficam frustradas porque o marido não faz o que ela ouviu de amigas).

 

Não se comparem com ninguém, vocês dois são únicos, seu relacionamento deve ser único também!

 

2- A Importância do Casamento no Mundo Natural

 

O casamento tem funções psicológicas, físicas, emocionais e sociais incríveis! Um homem (ou mulher) que tem carinho de seu cônjuge e recebe amor e respeito estará menos sujeito a crises existenciais, sentimentos de isolamento e abandono, depressões e há uma redução significativa do nível de estresse.

 

Após o ato sexual existe a liberação de determinadas substâncias (hormônios e neurotransmissores) que trazem a sensação de bem-estar, relaxam os músculos e contribuem até mesmo para se manter a saúde emocional do casal. Além disso, durante o ato sexual, o coração trabalha mais intensamente, sendo comparado com o trabalho realizado durante momentos de esforço físico moderado, contribuindo para aumento da circulação sanguínea.

 

O casamento tem função social, pois o próprio Deus disse para Adão e Eva: "Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a" Gênesis 1:28. O pai e a mãe formam o primeiro e principal agente socializador de uma criança, a qual aprende as primeiras palavras, educação e como se comportar entre outros indivíduos. Podemos até mesmo dizer que ótimos pais produzirão ótimos filhos e, estes, podem se tornar excelentes cidadãos!

 

3- A Importância do Casamento no Mundo Espiritual

 

Como foi dito anteriormente, o casamento representa um mistério espiritual manifesto na carne: o mistério da Trindade. Assim como Deus é TRÊS em PESSOA, mas UM em ESSÊNCIA, assim um casal, após o matrimônio, são DOIS indivíduos que se tornam UM. Isto é extraordinário e revela a importância que essa união tem para Deus.

 

Além disso o casamento também tem outra representação no mundo espiritual: a Igreja é comparada, nas Sagradas Escrituras, com a Noiva que se prepara dia após dia para o encontro com o Noivo, que é Jesus. O arrebatamento da Igreja e a reunião dos cristãos com Cristo são representados pelo casamento, como está escrito em Apocalipse 19:7: "Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou" e em Apocalipse 21:2: "E eu, João, vi a cidade santa, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido".

 

Essas duas representações (Triunicidade de Deus e Salvação da Igreja) são demonstrativas da importância, no mundo espiritual, de um casamento sadio e duradouro, o qual é agradável ao Senhor.

 

4- Responsabilidades do Casal

 

"O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher." I Coríntios 7:3-4

 

Paulo escreve aos casados da igreja de Corinto sobre a obrigação do casal. Ele explica que o marido deve "pagar à mulher a devida benevolência e, da mesma sorte a mulher ao marido". Nisto ele quis referir-se às práticas como um todo do casal. O marido deve ser carinhoso, compreensivo, sincero, atencioso e, igualmente, deve receber isso em troca de sua esposa. Em sua intimidade é a mulher quem tem poder sobre o corpo do homem, assim como o poder sobre o corpo da mulher pertence ao homem. Assim existe uma completude, um sentimento de cumplicidade e de satisfação.

 

É responsabilidade do homem tornar sua mulher feliz e completa. É responsabilidade da mulher completar e tornar seu varão feliz. Diálogos constantes, saber ceder, compreender os diferentes pontos de vista, aceitar as exortações um do outro e buscar inovar sempre para fugir da rotina também fazem parte das diversas atitudes que devem rechear um casamento feliz e abençoado.

 

"Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela." Efésios 5:25

 

"Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo." Efésios 5:28

 

5- Realização Sexual

 

"Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações" I Pedro 3:7

 

Segundo o Dicionário on-line Dicionário Web (http://www.dicionarioweb.com.br/coabitar.html) a palavra COABITAR tem os seguintes significados: Habitar em comum; Viver em comum; Ter relações sexuais habitualmente. Nesse contexto o que o apóstolo Pedro está ensinando para os varões é que eles devem viver e ter relações com suas varoas com entendimento, sabendo que a mulher é frágil e deve ser tratada com honra e compreensão.

 

Todo casamento deve proporcionar para o casal uma realização sexual plena. Somente assim brechas são fechadas e as ciladas do inimigo se tornam ineficazes. Homens e mulheres frustrados sexualmente estão mais sujeitos a cair em tentação e trair seu cônjuge. Além disso tal frustração pode ser um estopim de brigas e discussões, rompendo com o princípio de unicidade do casal.

 

Sabendo que a realização sexual é importante e faz parte do desejo de Deus para os casados, Pedro diz que os maridos devem COABITAR com suas mulheres com entendimento, ou seja, compreendê-la tanto na vida cotidiana, como no ato sexual em si. Muitos homens tentam criar fantasias sexuais para as quais suas esposas não têm preparo nem costume, criando uma atmosfera de medo, angústia e até mesmo repulsa. Há mulheres que fogem do ato sexual devido a tais fantasias e pela falta de compreensão do marido. Em outros casos o homem é tão bruto e selvagem que machuca a mulher, fazendo com que sua libido diminua a tal ponto de causar uma crise no casamento.

 

A falta de compreensão e diálogo para o ato sexual proporciona consequências no mundo natural (sentimento de medo, angústia, repulsa, fuga, crise no casamento) e também no mundo espiritual. É isso que veremos logo adiante...

 

6- Concordância - Pré-requisito de Orações Respondidas!

 

Além daquilo que foi citado há pouco veremos que a falta de compreensão na vida cotidiana e na relação pode provocar consequências no mundo espiritual. Veja novamente o que disse o apóstolo Pedro: "Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações" I Pedro 3:7.

 

Perceba que a falta de concordância provoca o impedimento das orações, isto é, Deus não ouvirá a oração dos casais que vivem em desunião! Isso é muito sério e acontece desta maneira porque um casal em crise, que não dialoga, que está frustrado e infeliz também não representa a união da noiva (Igreja) com o noivo (Jesus), nem demonstra na carne o mistério de Deus (Trindade divina).

 

Lembrem-se que a concordância é princípio de Deus para operar milagres, conforme disse Jesus em Mateus 18:19: "Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus". A união de propósito é muito importante para o Senhor. Um casamento feliz e abençoado deve ter essa união, tanto nas situações diárias, como na própria relação sexual. Além disso, a concordância faz que o próprio Jesus esteja no meio de seus filhos, como Ele mesmo disse em Mateus 18:20: "Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles".

 

Um casal que ora junto, que se compreende, que se ama e tem os mesmos objetivos conta com a presença perfeita de Jesus junto deles! Pensem nisso!

 

Que Deus os abençoe em Nome de Jesus Cristo!